REGULAMENTO   PRÊMIO DE QUALIDADE DO CAFÉ FAIRTRADE/APPCER

SAFRA 2018/2019


ARTIGO 1 – Dos objetivos

Incentivar os produtores associados da APPCER - Associação dos Pequenos Produtores do Cerrado a produzirem cafés de alta qualidade.

ARTIGO 2 – Da organização

O Prêmio de Qualidade do Café Fairtrade/APPCER é organizado pela APPCER, com o apoio da Federação dos Cafeicultores do Cerrado e da Expocaccer.

ARTIGO 3 – Da realização

O prêmio será realizado somente para os associados ativos da APPCER, com cafés produzidos em propriedades cadastradas na associação.

Parágrafo 1: O prêmio terá sua avaliação coordenada pelas seguintes comissões:

I - Comissão Organizadora
II - Comissão Julgadora

A) Da Comissão Organizadora

A comissão organizadora será composta por representantes da Diretoria Executiva da APPCER, tendo por obrigação:

• Selecionar e credenciar os classificadores e degustadores de cafés que irão compor a comissão julgadora;

• Coordenar o recebimento e envio das amostras, acondicionadas e lacradas, à comissão julgadora;

• Exigir o termo de responsabilidade de depósito e manutenção do lote até a data de divulgação do resultado final concurso;

• Homologar e divulgar a resultado do concurso;

• Resolver os casos omissos deste regulamento, em caráter definitivo.


B) Da Comissão Julgadora

Esta comissão será composta por juízes SCA devidamente coordenados pela empresa terceirizada responsável pelo julgamento, presidida por um representante indicado por esta mesma comissão, o qual não terá atribuição de julgamento das amostras, mas somente atribuição de coordenação.

Cabe à Comissão Julgadora:

• Receber as amostras de café devidamente identificadas e lacradas, pela comissão organizadora, para a avaliação e classificação de forma isenta e imparcial;
• Realizar a classificação física e sensorial das amostras de acordo com a seguinte metodologia:
▪ Determinar a umidade pelo método de capacitância com equipamento devidamente calibrado - serão desclassificadas as amostras com umidade superior a 12%;
▪ Verificar o peso das amostras - somente serão recebidas amostras com no mínimo 1,0kg (um quilo e meio);
▪ Verificar o aspecto do produto quando à secagem e coloração - serão desclassificadas amostras de coloração amarelada, amarela, esbranquiçadas e discrepantes, com grãos de chão e PVA;
▪ Classificar as amostras quanto ao tamanho dos grãos, usando o jogo de peneiras padrão 16, 17 e 18, dispensando o uso da moca, 10 e 11 - serão desclassificadas amostras com mais de 5% de vazamento da peneira 16;
▪ Determinar o tipo, segundo a metodologia de classificação oficial brasileira COB - somente serão aceitas amostras tipo 3 ou superior.

Parágrafo 2: Da empresa terceirizada

A comissão julgadora será composta pela empresa especializada Savassi Agronegócio, situada à rua Bernardo Guimarães 428, segundo andar, Centro, nesta cidade de Patrocínio - MG. Esta empresa se responsabilizará por todo o processo, desde a codificação das amostras até a elaboração dos laudos de classificação com a descrição dos atributos.

Parágrafo 3: Da classificação sensorial

A classificação sensorial será realizada pela comissão julgadora, que avaliará a classificação da bebida quanto ao sabor e aroma. As amostras serão avaliadas segundo a metodologia SCA e, para os finalistas deverá ser realizada a descrição dos atributos do lote.

ARTIGO 4– Da habilitação e requisitos dos concorrentes

Está habilitado a efetivar a inscrição e concorrer qualquer cafeicultor associado ativo da APPCER, com amostras de lotes produzido em propriedades cadastradas na APPCER, safra 2018/2019. Somente poderão concorrer lotes da categoria natural*. Cada associado somente poderá concorrer com uma amostra.

*Categoria Natural: sistema de preparo pelo qual o café recém-recolhido passa por um processo de lavagem e, logo após é levado para o terreiro para secar a pleno sol/ ou para o secador.

Parágrafo 1: É vedada a participação dos membros da comissão julgadora do concurso.

ARTIGO 5 – Das amostras

Somente serão aceitas no concurso de qualidade Fairtrade APPCER, cafés da espécie Coffeea arabica, da safra 2018/2019, tipo 3 ou superior, conforme classificação COB, bebida considerada Speciality Coffee, pela metodologia SCA, nas peneiras abaixo, obedecendo aos seguintes critérios:

• Café natural: peneira 16/18 com vazamento máximo de 5% na peneira 16;
• Cada amostra homogênea de 1,0 kg (um quilo e meio) deverá estar acondicionada somente em embalagem padronizada;
• As amostras deverão ser entregues diretamente à Comissão Organizadora, na sede da APPCER, ou no setor de classificação da EXPOCACCER, pelo próprio produtor, no período de 16/08/2019 a 20/09/2019.

ARTIGO 6 – Do lote

Cada cafeicultor poderá participar do concurso com apenas uma amostra, com lote de 5 sacas de 60 kg. Somente poderão participar do concurso lotes de café que estejam depositados em armazéns credenciados Fairtrade e autorizados pela APPCER (Expocaccer ou Leste de Minas).

O lote deverá ser mantido armazenado, sem compromisso comercial, até a data da premiação do concurso, que ocorrerá no dia 03 de outubro, às 16h, no Parque de Exposições Brumado dos Pavões, em Patrocínio/MG, durante o 27º Seminário do Café da Região do Cerrado Mineiro.

ARTIGO 7 – Dos finalistas

A Comissão Julgadora fará a classificação das 10 (dez) melhores amostras recebidas. O julgamento ocorrerá em etapas, primeiramente a pré-seleção e em seguida a fase da classificação dos lotes.

ARTIGO 8 – Da inscrição

A inscrição do concurso deverá ser realizada na sede da APPCER até a data de 20/09/2019. O associado deverá preencher a ficha de inscrição e assinar o termo de conhecimento e concordância com o regulamento do concurso. A inscrição não terá custos para os participantes.

ARTIGO 9 – Das etapas

Avaliação será dividida em 2 etapas:

1) Etapa de pré-seleção: As amostras inscritas e enviadas a Savassi Agronegócio serão pré-avaliadas de acordo com os critérios descritos no Artigo 5. Caso não satisfaça as condições descritas no Artigo 5, a amostra será automaticamente desclassificada.

2) Etapa avaliação da qualidade: A qualidade será avaliada através da metodologia da análise da Associação Americana de Cafés Especiais – SCA.

3) Etapa de divulgação e premiação:

Durante o 27º Seminário do Café da Região do Cerrado Mineiro será realizado o evento de premiação, no qual serão divulgados os 10 (dez) melhores cafés e feito o pagamento do prêmio aos 5 (cinco) melhores cafés, da seguinte forma:

COLOCAÇÃO - VALOR AO PREMIADO
1º Lugar R$ 10.000,00
2º lugar - R$ 9.000,00
3 º lugar - R$ 8.000,00
4 º lugar - R$ 7.000,00
5 º lugar - R$ 6.000,00

ARTIGO 10 – Da confirmação da inscrição

Não serão confirmadas inscrições sem a devida assinatura na ficha de inscrição.

ARTIGO 11 – Disposições gerais

I - A correspondência entre a amostra entregue para o concurso e o lote de café em depósito é de inteira responsabilidade do associado, sendo constatadas quaisquer discrepâncias entre ambas, a inscrição será rejeitada. Ao final do concurso será confirmada a correspondência entre a amostra e o lote inscrito e verificada a propriedade deste antes do pagamento do prêmio.

II - A decisão da Comissão Julgadora será definitiva e abonada de recursos, cabendo aos participantes a acatarem, uma vez que têm pleno conhecimento deste regulamento e deram concordância no ato da inscrição. Todos os casos omissos deste regulamento serão resolvidos pela Comissão Organizadora do concurso.

III – Conforme determinação da Assembleia Geral Ordinária de março de 2019, que autorizou a realização do concurso, cada um dos cinco ganhadores deverá doar o valor de R$ 500,00 (quinhentos reais) que já será descontado no ato do pagamento pela APPCER. Esse valor será doado para uma instituição de apoio social da escolha da Diretoria executiva.

Patrocínio, 20 de Agosto de 2019.



Tags: appcer, concurso, qualidade

| Comentários (0)
| Última atualização em 23 Aug, 2019



Deixar um comentário

Campos com * são obrigatórios.

Por favor insira como as letras acima são apresentadas na imagem acima.
As letras não diferencia maiúscula de minúscula.